esperandovoce

Archive for the ‘Como soube de minha gravidez’ Category

Há muito tempo queria saber como seria ser mãe!

Já sei o que é ser filha, ser neta, ser sobrinha, ser prima, ser esposa, ser amiga, ser colega…mas sempre pensei que “mãe” deve ser a melhor coisa para uma mulher,deve ser o melhor lugar onde uma mulher pode chegar. Quando eu e meu marido decidimos que era hora, quase pirei, na verdade acho que pirei sim…fazia testes de gravidez todos os meses (tá..na verdade de 15 em 15 dias) quase comprei um estoque de testes , rs , e sofria com o resultado negativo. Uma certa vez quis eu mesma interpretar um exame e passei um dia inteiro chorando pensando que era infértil ($#%&* de Web) a gente esquece quanto tempo e dedicação um médico precisa para saber o que sabe! Fui até num médico especialista em infertilidade, ufa…ele me acalmou  e disse qualquer coisa a gente faz uma inseminação, você pode ser mãe…na verdade ele (Dr Péricles) Me passou um apanhado de exames que me deixou assustada e eu tive que desencanasr, além do convênio não cobrir os exames caríssimos, entendi que, ou Deus te abençoa com uma gravidez, ou não.

Enfim, depois de ouvir trocentas vezes a mesma coisa “Relaxa” quando você relaxar você vai conseguir! Como se isso fosse fácil, parece que quanto mais se escuta isso, mais difícil fica de relaxar, mas eu relaxei, por conta do Blog da Stone (Lessp) esqueci de contar os  dias férteis e os dias de atraso menstrual coisa que era rotina na minha vida, fui me dedicar mais em ser de blogueira (e vocês não têm idéia como isso ocupa o tempo, uns dizem que não é trabalho MAS É !) e também consegui um segundo emprego suuuuper legal, mal sabia eu que já havia alguém nascendo de dentro de mim.. os enjôos começaram dia 20 de junho, na data que comecei no meu segundo emprego, achei que era por ter dormido mal, ou por estar usando um ônibus fretado, mas os enjôos foram ficando piores, ah e o sono, cansaço insuportável, na minha cabeça tratava-se de uma gastrite que voltou, ou estava simplesmente somatizando a vontade de ser mãe, eu tinha desencanado, nem o ácido fólico eu estava tomando mais, já ia fazer um ano em julho que diariamente eu tomava o ácido fólico O.o

Antes de começar ano novo emprego, fiz o último teste de farmácia, e deu negativo, aí decidi, assim que descesse o meu ciclo,voltaria a tomar meu anti concepcional e no ano que vem tentaria engravidar de novo, mas com os enjôos piorando, fui contar os dias de atraso mesmo podendo  arriscar minha sanidade, para meu susto eram dois meses e alguns dias de atraso, fui a única ginecologista que atendia no sábado e ela disse assim “Acho que tem um bebezinho aí na sua barriga” eu fui totalmente negativa com ela e fiquei muito triste de ter que fazer o exame, pois achava que ia ter mais um exame “negativo”

O resultado sairia na segunda feira, comecei a chorar no sábado…quanta paciência exigi do meu marido, domingo entrei em pânico, um medo invadiu meu coração, junto a uma ansiedade que chegava a doer em meu peito,as  quatro horas da tarde de segunda nunca chegava, e eu esperando o e-mail do laboratório… e-mail que chegou quase as seis da tarde, quando visualizei o resultado não acreditei, mas já comecei a chorar, liguei desesperada para meu marido e nem conseguia falar o porque estava chorando, coitado dos maridos! Enfim, consegui dizer e ele ficou feliz, mas não acreditou..confesso que precisei chegar em casa e comparar o exame com os outros, e ainda assim, precisei pegar o exame no laboratório no dia seguinte, levar para um clínico geral e depois para um ginecologista e pedir para eles me explicarem se o que eu estava lendo era o que eu estava pensando, rsrsrsrsr depois ainda fui fazer o ultrasom para acreditar.

Só acreditei no momento em que fiz o ultrassom e ouvi o coração do meu bebêzinho batendo forte… ah, me desfiz ! (meu marido só acreditou quando ouviu o coraçãozinho também 🙂 )Confesso que amo música, componho, traduzo, mas nunca havia escutado algo tão lindo, profundo, sereno, abençoador como escutei naquele momento. Acho que apenas quem pode ser mãe, sabe o que estou falando, eu não sei exatamente o que senti, pois era uma mistura de tudo, que no final vira paz…e hoje minha paz está fazendo oito semanas de vida.

Escolhi ser grávida em tempo integral e ficar só bloggando para a Stone/ Lessp  o que já vai dar trabalho, quero uma gravidez cheia de calma, silêncio e paz, quero dormir quando estiver com sono, colocar minhas pernas para cima quando sentir dor, quero comer minha própria comida sem sal, não precisar entrar naqueles restaurantes com cheiro forte de comida, que me embrulham o estômago, quero ter tempo para deixar tudo pronto para meu bebê chegar, quero curtir esse momento único na vida de uma mulher, e não vejo a hora de descobrir o que é ser mãe.

Quero ver o rostinho mais lindo do mundo, ouvir o chorinho, sentir o cheirinho, sentir  a pele macia tocando a minha, quero ensinar para meu bebê o quanto Deus é bom, quero ensinar meu bebê a amar o papai dele e a família ótima que tenho, quero mostar tudo o que sei, e quero que ele tenha amigos tão incríveis quanto os que tenho, ah faltam apenas 33 semanas para tudo isso começar a acontecer, enquanto isso vou aumentando o meu amor por ele, e consequentemente pelas pessoas queridas, pois hoje batem dois corações dentro de mim..eu sou só amor!

Um beijo

Resanolli 🙂

Anúncios